Usando o poder colectivo para quê?

Um vídeo do Dr Richard Wolf, sobre três formas de socialismo:

1. Socialismo Democrático – O socialismo democrático usa o Estado, um conjunto de leis e de regulamentos, procurando evitar os excessos do sistema capitalista, protegendo os  trabalhadores, o ambiente, as comunidades, etc. A maior parte dos países da europa ocidental tem ou teve partidos políticos defensores deste sistema nos seus governos.

2. Comunismo – Onde o Estado interfere diretamente no sistema económico. Caso da Antiga União Soviética e da actual República Popular da China.

3. Socialização no local de trabalho – Fica um video explanatório

Outra forma de socialismo é a que assistimos na última década, onde o Estado é usado para salvar financeiramente grandes entidades privadas (por exemplo Bancos). É o socialismo para os super ricos não sendo assim um socialismo ideológico mas de conveniência pura.

As grandes empresas privadas estão focadas na maximização de lucros a curto prazo, que beneficiarão um pequeno número de acionistas.
Ao contrário, é expectável que nas empresas onde os trabalhadores têm voz outras prioridades surjam: Emprego estável de longa duração, boas condições de trabalho, cuidado com o meio ambiente onde vivem e com a comunidade envolvente.
Prout advoga um sistema cooperativo para bens essenciais e/ou quando a empresa atinge uma determinada dimensão.

Deixo estatísticas sobre o movimento Cooperativo a nível mundial…

https://www.un.org/esa/socdev/documents/2014/coopsegm/grace.pdf

Na região da Beira Interior o PRIP está a realizar esforços para a criação de uma cooperativa no sector da agricultura biológica.

Francisco Dinis

Maheshvara PachecoUsando o poder colectivo para quê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *